Cidades

Os Escoteiros de Catalão

Cresce o interesse e o número de integrantes do escotismo no município

Ivone Rodrigues

O escotismo está presente em mais de 216 países e territórios, com mais de 28 milhões de membros. É um movimento educacional de crianças e jovens, voluntário, que valoriza a participação de pessoas de todas as origens sociais, raças e crenças com propósitos e princípios do movimento que priorizam contribuir para o desenvolvimento positivo de seus membros, especialmente na formação do caráter, ajudando-os a realizar suas plenas potencialidades físicas, intelectuais, sociais, afetivas e espirituais, como cidadãos responsáveis, participantes e úteis em suas comunidades.

Chefes com Lobinho em Dia de Promessa

Em Catalão, foi fundado em 6 de maio de 2016 o 34° Grupo do Estado de Goiás dos Escoteiros do Brasil. Trata-se do Grupo de Escoteiros Tamanduá Bandeira, que vem ganhando o respeito e a admiração da sociedade catalana num todo.

Roda de Conselho – Realizada em Catalão durante o último acampamento de 2017

Hoje já são dezenas de participantes dos encontros que acontecem semanalmente no Pátio Verde, do Clube Sesi (Bairro Ipanema), todos os sábados, das 15h às 17h30.

Momento do lanche durante reunião semanal, no Pátio Verde do Clube Sesi

Os membros já registrados na União dos Escoteiros do Brasil (UEB) são 38 entre Lobinhos (6 aos 10 anos), Escoteiros (11 aos 14 anos) Sênior (15 aos 17 anos) e Pioneiros (18 aos 21 anos), além dos 11 chefes voluntários que fizeram a promessa escoteira e a formação para liderar as tropas.

Atividade na natureza durante acampamento

O dirigente do grupo, chefe Walter Albergaria Junior, diz que comemora o crescimento do grupo, mas enfatiza que muitas outras ações serão realizadas para atrair novos membros:

“O crescimento do grupo aqui em Catalão ainda está bem aquém do que gostaríamos, mas já houve um expressivo crescimento e estamos caminhando para atingir nossos objetivos. Para esse ano, queremos promover mais eventos e movimentos, como fizemos durante o desfile do aniversário da cidade, no 20 de agosto do ano passado. Queremos também visitar instituições de ensino para fazer o convite a crianças e jovens, além de convidar os pais, pois só conseguimos fazer um bom trabalho se tivermos adultos para dar suporte”.

Os escoteiros durante desfile no aniversário de Catalão e em caminhada em prol ao tratamento do câncer infantil

“O escotismo nessa idade é uma oportunidade para as crianças terem contato com o meio ambiente, desenvolverem o espírito de equipe e grupo, respeito com os outros, caráter e liderança. E a forma como essas competências são trabalhadas é o que mais me encanta, pois são através de brincadeiras e atividades lúdicas que resgatam a infância pura e saudável”, relata Ivna Tarbes, uma das chefes da alcateia Sionir, dos Lobinhos catalanos.

Momento do hasteamento da Bandeira

Saiba mais

Os escoteiros agem com bases em princípios e regras e leis.

Princípios

Os princípios do escotismo são definidos na sua Promessa e Lei Escoteira, base moral que se ajusta aos progressivos graus de maturidade do indivíduos. Sendo eles:

*Deveres para com Deus – adesão a princípios espirituais e vivência ou busca da religião que os expresse, respeitando as demais;

*Deveres para com o próximo – lealdade ao nosso país, em harmonia com a promoção da paz, compreensão e cooperação local, nacional e internacional, exercitadas pela Fraternidade Escoteira. Participação no desenvolvimento da sociedade com reconhecimento e respeito à dignidade do ser humano e ao equilíbrio do meio ambiente;

*Deveres para consigo mesmo – responsabilidade pelo seu próprio desenvolvimento.

Leis dos Lobinhos

Honra, integridade, lealdade, presteza, amizade, cortesia, respeito e proteção da natureza, responsabilidade, disciplina, coragem, ânimo, bom-senso, respeito pela propriedade e autoconfiança.

Quando Baden-Powell idealizou a Lei Escoteira, decidiu não estabelecer leis proibitivas, mas conceitos para formação de pessoas benévolas, para que, desta forma, o jovem escoteiro tivesse onde se espelhar e pudesse se orientar.

Lobinhos em ação voluntária ao visitar o Asilo Antero da Costa Carvalho

1. O Lobinho ouve sempre os velhos lobos

“O escoteiro obedece, de boa vontade, sem vacilar, às ordens de seus pais, monitores e chefes. Como escoteiro, você se disciplina e põe-se, profunda e voluntariamente, às ordens das autoridades constituídas, para o bem geral. A comunidade mais feliz é a comunidade mais disciplinada; a disciplina, porém, deve vir do íntimo e nunca ser imposta de fora. Por isso, tem um grande valor o exemplo que você der aos demais nesse sentido”. Baden-Powell.

2. O Lobinho pensa primeiro nos outros

“O escoteiro obedece, de boa vontade, sem vacilar, às ordens de seus pais, monitores e chefes. Como escoteiro, você se disciplina e põe-se, profunda e voluntariamente, às ordens das autoridades constituídas, para o bem geral. A comunidade mais feliz é a comunidade mais disciplinada; a disciplina, porém, deve vir do íntimo, e nunca ser imposta de fora. Por isso, tem um grande valor o exemplo que você der aos demais nesse sentido”. Baden-Powell.

3. O Lobinho abre os olhos e os ouvidos

“O dever do escoteiro é ser útil e ajudar a todos. Como escoteiro, seu mais alto objetivo é servir. Você deve merecer a confiança de que, em qualquer ocasião, estará pronto a sacrificar tempo, trabalho ou, se necessário, a própria vida pelos demais. O sacrifício é o sal do serviço”. Baden-Powell.

4. O Lobinho é limpo e está sempre alegre

“O escoteiro é limpo em pensamento, palavra e ação. Como escoteiro, espera-se que você tenha não só uma mente limpa, como também uma vontade limpa; seja capaz de controlar quaisquer tendências intemperadas do sexo; dê um exemplo aos demais sendo puro, franco, honesto em tudo que pensa, diz ou faz”. Baden-Powell.

5. O Lobinho diz sempre a verdade

“O escoteiro é leal à Pátria, à igreja, às autoridades do governo, aos seus pais, seus chefes, seus patrões e aos que trabalham como seus subordinados. Como um bom cidadão, você é de uma equipe, jogando o jogo honestamente, para o bem do conjunto. Você merece a confiança do governo de sua pátria, do Movimento Escoteiro, dos seus amigos e companheiros de patrulha, de seus patrões ou de seus empregados, que esperam que você seja correto, fazendo o melhor possível, em benefício deles, ainda quando eles não correspondem sempre bem ao que você espera deles. Além disso, você é leal também a si mesmo; você não quer diminuir seu respeito a si mesmo jogando mal de propósito, nem vai querer decepcionar ou ficar em falta com outro homem, nem, tampouco, com outra mulher”. Baden-Powell.

Lei dos Escoteiros

Assim como toda instituição e organização mundial, o escotismo possui um regimento interno composto por uma série de artigos que guiam não só o escoteiro, como seus dirigentes e a comunidade. Conheça melhor quais são os tópicos principais da Lei Escoteiros:

1. O escoteiro tem uma só palavra; sua honra vale mais que sua própria vida: quando um escoteiro diz “eu prometo” ou “eu juro” ou mesmo quando ele diz simplesmente que fará alguma coisa, ninguém deve duvidar dele. Se você mentir, roubar ou for desonesto, perderá sua honra.

2. O escoteiro é leal: um escoteiro fica ao lado de seus pais e seus amigos em situações de dificuldade, a não ser que isso venha a resultar em desonra.

3. O escoteiro está sempre alerta e pratica diariamente uma boa ação: “sempre alerta” significa que o escoteiro está sempre pronto para ajudar alguém e atento às coisas que estão acontecendo ao seu redor.

4. O escoteiro é amigo e irmão dos demais escoteiros: o escoteiro procura ser amigável com todas as pessoas com quem se encontra, aceitando que nem todas as pessoas são iguais. As diferenças que as pessoas aparentam ter não tem nada a ver com seu caráter.

5. O escoteiro é cortês: cortês significa ser gentil e educado. O escoteiro deve respeitar as pessoas ao seu redor e respeitar as opiniões dos outros, mesmo que ele não concorde.

6. O escoteiro é amigo dos animais e das plantas: é dever do escoteiro cuidar, preservar e respeitar a natureza e o meio ambiente.

7. O escoteiro é obediente e disciplinado: ser obediente e ter disciplina significa fazer sempre a coisa certa na hora certa. Respeitar e obedecer os mais velhos também é fundamental.

8. O escoteiro é alegre e sorri nas dificuldades: muitas vezes o escoteiro encontrará dificuldades para realizar uma tarefa. Não adianta resmungar. O certo é procurar resolver o problema sem se desesperar.

9. O escoteiro é econômico e respeita o bem alheio: um escoteiro não gasta dinheiro e material à toa. Ele deve controlar seus gastos com cuidado, comprando apenas o necessário, sem desperdiçar.

10. O escoteiro é limpo de corpo e alma: a higiene pessoal e o cuidado com o corpo são essenciais para o escoteiro viver em harmonia com o meio. Tenha sempre pensamentos positivos e saudáveis.

O Dia do Escoteiro no Brasil

O Senado aprovou, em 16 de fevereiro deste ano, o Dia Nacional do Escoteiro, que será comemorado em 23 de abril.

Novos membros

Os pais que se interessarem em saber mais sobre o método, podem comparecer e levar os filhos para participarem das reuniões semanais como convidados para conhecerem melhor sobre o escotismo.

 

 

Leia mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close